Ammetra

No Dia de São Cristóvão, padroeiro dos caminhoneiros, especialista em segurança viária faz um alerta: negligenciar a saúde da categoria coloca todos em risco Dados do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, feito pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), mostraram que, emContinue Lendo

A colisão frontal foi o tipo de sinistro de trânsito que mais provocou mortes nas rodovias federais brasileiras em 2021: 1585 pessoas perderam a vida neste tipo de colisão, que ocorre, principalmente, durante ultrapassagens em locais proibidos ou momentos inadequados. A segunda maior causa de mortes nas rodovias foi oContinue Lendo

Em 2021 foram feitas 19.885 horas de fiscalização, contra as 41.610 registradas em 2019, uma queda de 52% Apesar de o excesso de velocidade estar entre as principais causas de acidentes nas rodovias federais brasileiras, a fiscalização com radares móveis caiu pela metade no ano passado, na comparação com 2019,Continue Lendo

Em 2021, 452 pessoas perderam a vida em acidentes que tiveram como causa principal e concorrente a ingestão dessas substâncias No ano passado, 9,8% do total de sinistros nas rodovias federais brasileiras foram provocados pelo consumo de álcool ou de substâncias psicoativas. De acordo com os dados fornecidos pela PolíciaContinue Lendo

5.381 pessoas morreram e 71.664 ficaram feridas nas rodovias federais brasileiras em 2021 O número de sinistros* de trânsito envolvendo veículos pesados cresceu nas rodovias federais brasileiras em 2021, na comparação com o ano anterior. Segundo levantamento feito pela Associação Mineira de Medicina do Tráfego (Ammetra) com base em dadosContinue Lendo

Desde 2017 o Brasil lidera o ranking dos países com maior índice de pessoas com transtornos de ansiedade. Após a pandemia, esse quadro piorou: 86,5% dos entrevistados em uma pesquisa do Ministério da Saúde estavam enquadrados em algum tipo de ansiedade patológica. Os reflexos do aumento da ansiedade, depressão eContinue Lendo

Na véspera do Dia dos Caminhoneiros, dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) comprovam as precárias condições de trabalho a que essa categoria está sujeita e revelam que cuidar melhor da saúde física e mental desses profissionais é um importante mecanismo para melhorar a segurança no trânsito. O número de infraçõesContinue Lendo

Fonte: NTC&Logística/Autoo-/ As dez rodovias federais mais perigosas do Brasil, aquelas que somam o maior número de mortes e acidentes, atravessam 22 estados. Apesar de terem características diferentes, o denominador comum entre elas são deficiências na infraestrutura. No ano passado, essas vias contabilizaram 14 mortes por dia no país, umContinue Lendo