Acidentes nas rodovias

Por Rafael Bitencourt, Valor-/ O diretor-executivo da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Bruno Batista, estima que o Brasil está pelo menos trinta anos atrasado nas ações de combate ao número de mortes por acidentes de trânsito. “A gente percebe que o Brasil está atrasado nas ações para conter as mortesContinue Lendo

Taxa de letalidade caiu de 18,8 mortes/dia, em 2015, para 17,5 mortes/dia, em 2016 A falta de atenção foi o fator que provocou o maior número de mortes nas rodovias federais em 2016. É o que revela a terceira edição do Atlas da Acidentalidade no Transporte, divulgado nessa semana pelaContinue Lendo