Scania apresenta Nova Geração de ônibus P8/Euro 6

Scania, líder na transição para um sistema de transporte mais sustentável, anuncia o lançamento no Brasil da sua nova geração de ônibus, que estreou há apenas três anos na Europa. Trata-se do melhor ônibus Scania de todos os tempos, em termos de produtos, serviços, eficiência energética, tecnologias avançadas e viáveis, e sistemas eficazes para uma moderna e rentável gestão da operação. Em uma perfeita união de mobilidade sustentável com economia operacional. A nova linha, que contempla os modelos da Série K (motor traseiro), será apresentada ao público na Lat.Bus & Transpúblico 2022, o maior evento de mobilidade urbana da América Latina, que será realizado nos dias 9, 10 e 11 de agosto no São Paulo Expo (SP).

A Nova Geração foi desenvolvida com tecnologia para atender aos requisitos obrigatórios de metas de controle de emissões da fase P8 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), ou equivalente à lei europeia Euro 6, definidos na resolução 490, de novembro de 2018, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), integrante do Ministério do Meio Ambiente. Norma que entrará em vigor em 1.º de janeiro de 2023.

As principais novidades da Nova Geração de ônibus da Série K Scania são: motores com sistema de injeção múltipla XPI e lay shaft brake (troca de marchas 45% mais rápidas), evolução do sistema de segurança ADAS e novos sensores (alertas de ponto cego e de pedestres), atualizações das caixas de câmbio Scania Opticruise (rodoviários) e ZF EcoLife 2 (urbanos), chassi mais leve, novo eixo traseiro direcional do urbano de 15 metros com sistema eletro-hidráulico, rodoviário 8×2 com 500cv (maior potência do mercado) e área do motorista redesenhada e aprimorada (painel, volante e pedais). Já em serviços, a Scania traz a pioneira manutenção com planos flexíveis (redução no custo de reparos em até 25%), o Control Tower (até 30% de diminuição no tempo de parada) e o Scania Zone (monitoramento mais personalizado da frota e que permite controlar a média de velocidade em trechos críticos).

“Desenvolvemos uma linha baseada em três pilares, sustentabilidade, rentabilidade e segurança. Estamos trazendo para o Brasil a geração mais recente da Europa e que representa uma evolução para as linhas focadas em ônibus no país”, afirma Ivanovik Marx, engenheiro de Oferta de Soluções da Scania no Brasil.

O período de abertura de compras ainda não será revelado e os primeiros modelos vão começar a ser produzidos e entregues a partir de janeiro de 2023.

Portfólio ainda mais amplo para atender todos os tipos de necessidades

As soluções Scania disponibilizam chassis de configurações de rodas 4×2, 6×2 e 8×2 (linha rodoviária) e 4×2, 6×2*4 e 6×2/2 (linha urbana). As motorizações, que podem ser abastecidas com diesel, HVO ou biodiesel, são de 9 e 13 litros, de 5 e 6 cilindros, trazem novas potências de 320, 370, 410, 450 e 500 cavalos (rodoviários) e de 280 e 320cv, para os urbanos. Também há as opções de 280cv e agora de 340cv (antes era de 320cv) nas pioneiras versões movidos a gás (natural e/ou biometano). Os torques variam de 1.350Nm a 2.550Nm.

Para viabilizar os ônibus a gás não são necessárias alterações significativas nos projetos das carrocerias. As instalações dos cilindros de gás podem ser feitas entre as longarinas do chassi (abaixo do assoalho) ou sobre o teto. Caso seja necessária uma autonomia maior, é possível avaliar a colocação de mais cilindros.

Os modelos rodoviários Scania são as melhores soluções para os clientes que atuam nos segmentos do fretamento – contínuo e eventual, linhas intermunicipais e interestaduais (curtas, médias e longas distâncias) e do turismo. Já para a mobilidade urbana eficiente a gama Scania tem modelos a partir de 12,5 até 28 metros de comprimento, com capacidade para transporte de 86 a 270 passageiros. As configurações são com piso baixo, normal, padrons, articulados e biarticulados para corredores exclusivos de sistemas BRT.

Os motores de ônibus mais econômicos da história da Scania no Brasil

Os motores Scania Proconve P8/Euro 6 desenvolvem os mais altos torques do mercado e propiciam aumento da eficiência energética em relação à geração atual, P7/Euro 5, o que na prática traz melhores resultados aos negócios dos clientes. “Esse superior desempenho ocorre em virtude da introdução do sistema XPI, que possibilita melhor eficiência da combustão com pontos múltiplos de injeção, independentemente da rotação do motor, e garante menor emissão de poluentes e de ruídos”, salienta Ivanovik Marx. O sistema de tratamento de gases permanece o SCR (Selective Catalytic Reduction ou Redução Catalítica Seletiva), com o uso do reagente ARLA 32, e que passa a ter um filtro de particulado para atender a lei Conama P8.

O propulsor de 9 litros tem na robustez o seu grande diferencial. Trata-se de um motor de 5 cilindros que proporciona máxima potência e maior capacidade de carga com um menor consumo de combustível. O bloco 13 litros, de 6 cilindros, segue a filosofia Scania de baixa rotação e alto torque, ideal para operações de longas distâncias. O cliente terá excelente economia de combustível com a melhor eficiência da categoria.

Trocas de marchas ainda mais eficientes

Para a linha rodoviária, a caixa de transmissão automatizada Scania Opticruise ganhou uma atualização do software e elevou em 1% sua economia de combustível. O que vai acarretar um benefício imediato na operação. A inteligência do câmbio promove uma experiência ainda mais prazerosa numa direção fácil, confortável e segura, independentemente do peso, rota e topografia.

Outra novidade relevante é o Opticruise com o lay shaft brake, um sistema de freio no eixo secundário da caixa que torna as trocas de marchas 45% mais rápidas e suaves, e aumenta consideravelmente a resposta do motor. Ele é um sucesso na Nova Geração de caminhões da marca.

Na gama urbana, a caixa automática ZF EcoLife 2 chega para agregar até 3% de economia de combustível. Com melhorias significativas, o novo câmbio tem a função “Start/Stop” (Liga/Desliga) e desgaste reduzido devido ao aperfeiçoamento do sistema de refrigeração. Além de mais leve e adaptada aos motores de alto torque da Scania, conta com maior conforto, trocas mais rápidas e suaves.

Para ambas as caixas de marchas existem três tipos de modos de condução: econômico, padrão e potência. Eles ajudam o motorista em diversos tipos de situações na viagem e devem ser acionados de acordo com a necessidade.