Carreta-escola leva capacitação a pessoas para trabalhar na indústria em São Carlos

Capacitar pessoas desempregadas e inseri-las no mercado de trabalho. Este é o objetivo do Via Rápida, um programa de cursos profissionalizantes desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo em parceria com outros entes da sociedade. A Casale Equipamentos, empresa de soluções pecuárias, em diálogo com o poder público, está levando esta iniciativa à cidade de São Carlos pela segunda vez, com inscrições abertas para novas turmas a partir desta segunda-feira (18). A prioridade de inscrição vai ser dada às pessoas que ficaram na lista de espera da primeira etapa do curso, finalizada no fim de setembro.

A empreitada conta com uma carreta-escola, que esteve estacionada na sede da Casale. A empresa é responsável por fornecer toda a infraestrutura necessária para as aulas, incluindo a captação de alunos. Na primeira parceria do governo com a Casale, que aconteceu entre os meses de agosto e setembro, foram oferecidas 100 horas de aulas do curso de soldagem a 40 estudantes, ocupação importante no setor industrial. A certificação é dada pelo Centro Paula Souza, responsável pela implementação das aulas.

Na nova etapa, serão oferecidas três turmas, a cada turno do dia, com uma delas sendo destinada aos colaboradores internos da Casale, num curso de soldagem que vai durar dois meses. Houve muitos inscritos para as primeiras turmas, então serão convocados, neste momento, os interessados que estão na lista de espera.

“Buscávamos realizar esta iniciativa desde o final de 2020, mas o agravamento da pandemia fez com que nossos planos fossem adiados. Queríamos oferecer curso de soldagem porque, com o crescimento da empresa, estamos à procura de bons profissionais e gostaríamos de  apoiar na capacitação de pessoas em busca de oportunidades, contribuindo para o desenvolvimento da comunidade. Além disso, temos um objetivo estratégico futuro de iniciar um centro de formação técnica com parceria público-privada, sendo esta uma excelente oportunidade para plantar uma semente”, explica o gerente de pessoas e cultura da Casale, Diego Tessari da Costa.

O Via Rápida oferece cursos profissionalizantes já há 10 anos, tendo como público-alvo jovens e adultos com mais de 16 anos que sejam moradores do Estado de São Paulo e que estejam desempregados. Atualmente, ao menos 3,5 milhões de paulistas estão fora do mercado de trabalho, de acordo com os dados mais recentes da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios (Pnad) do IBGE.

“Nosso maior propósito, ao trazer este curso para cá, era fortalecer ações de desenvolvimento para a sociedade. Gostaríamos muito de ver as pessoas da cidade se desenvolvendo mais e mais, beneficiando não só a empresa mas todo o nosso entorno”, afirma Diego.

Por conta das atividades de ensino serem presenciais, o protocolo anti-Covid adotado no Via Rápida é bastante rigoroso, com observação às normas de distanciamento social e uso adequado de máscaras. Por conta da colaboração de todos os envolvidos, não houve nenhum contágio entre os alunos das primeiras turmas e o objetivo é continuar preservando a saúde de estudantes e professores neste novo ciclo.

Ao todo, a parceria entre Casale e governo do Estado de São Paulo, através do Via Rápida, já beneficiou 40 pessoas que desejavam uma recolocação profissional, na cidade de São Carlos. Foram oferecidas aulas presenciais em turmas distribuídas nos três turnos do dia com o apoio de dois professores e com todo o suporte da empresa São-Carlense. Agora, o objetivo é fortalecer estas diretrizes.

Serviço

O que: Abertura de inscrições para o curso de soldagem, promovido pelo Governo do Estado de São Paulo em parceria com o Centro Pedro Souza e a Casale Equipamentos.

Quando: A partir de segunda-feira (18)

Onde se inscrever: http://www.viarapida.sp.gov.br/onde-estudar