Série de recordes consolida bom ano dos portos do Paraná

Fonte:Canal Rural-/

Os portos do Paraná fecham o ano com quinze recordes batidos. A movimentação histórica de mais de 55 milhões de toneladas de carga movimentada, o maior número de caminhões recebidos no Pátio de Triagem, o maior navio de grãos já recebido, entre outros, fizeram com que os portos de Paranaguá e Antonina se destacassem no setor nacional.

“Apesar da crise sanitária, os portos paranaenses avançaram. O Estado teve uma safra de soja espetacular e o preço do produto no mercado internacional favoreceu as exportações. Além disso, o açúcar teve muito destaque, o frango congelado e o óleo vegetal”, comenta o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

Para ele, os resultados alcançados refletem o trabalho de toda a equipe e da comunidade portuária. “Os estivadores, as empresas, os caminhoneiros, os ferroviários, cada um fez sua parte para que o porto não parasse e, mais do que isso, superasse todas as metas”, avalia o diretor.

O número que mais representou as marcas batidas pelos terminais paranaenses foi alcançado no último dia de novembro: 55.382.000 toneladas de cargas movimentadas em 11 meses. O melhor resultado da história, ultrapassando o recorde anual alcançado em 2019.

Na avaliação do diretor de Operações Portuárias, Luiz Teixeira da Silva Júnior, a boa gestão nos diferentes segmentos permitiram o crescimento na produtividade. “O Porto de Paranaguá que, na década de 1970, fazia 5 milhões de toneladas ao ano, hoje, faz quase 6 milhões no mês. Isso porque o sistema se desenvolveu, não com expansões geográficas, mas com melhorias ao longo do tempo, com os ganhos operacionais e em escala”, destaca.

Confira as marcas ao longo do ano:

Janeiro

Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) movimenta 84.601 TEUs (unidade de medida equivalente a 20 pés) em 31 dias.

Março

O Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá teve recorde de movimentação de caminhões. Em 24 horas foram recebidos 2.448 caminhoneiros. Aumento de 20% no fluxo registrado normalmente, de 2 mil veículos/dia.

Maior movimentação mensal já registrada no Corredor de Exportação: 2,4 milhões de toneladas de soja, em grão e farelo. O volume superou em mais de 180 mil toneladas o recorde anterior, de 2,2 milhões de toneladas, alcançado em junho de 2019.

Abril

Maior movimentação mensal da história dos Portos do Paraná foi alcançada, com mais de 5,5 milhões de toneladas de cargas.

Porto de Paranaguá bate novo recorde em movimento de caminhões. Em abril, o Pátio de Triagem Porto de Paranaguá recebeu 58.499 caminhões, superando em mais de três mil veículos o recorde de 55.835, registrado em março.

Maio

Com 5,7 milhões de toneladas, o volume de importações e exportações foi 44% maior que o contabilizado no mesmo mês de 2019, superando as marcas históricas anteriores.

Junho

O navio Pacific South atracou no Porto de Paranaguá para marcar novos recordes no Corredor de Exportação. Além de ser um graneleiro de 292 metros de comprimento e 45 de boca (largura) – o maior já recebido no complexo – a embarcação carregou um volume histórico para o segmento dos granéis sólidos nos terminais paranaenses: 103 mil toneladas de farelo de soja.

Silos públicos do Porto de Paranaguá registram desempenho recorde. A quantidade de soja, em grão e farelo, somou quase 1,66 milhão de toneladas no primeiro semestre, o maior volume de embarque pelos silos públicos dos últimos dez anos.

Julho

Porto de Paranaguá embarca novo volume recorde em um único navio. O navio E. Bandoneon carregou 104,2 mil toneladas de farelo de soja.

Agosto

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, registrou recorde de movimentação de contêineres ao operar 87.455 TEUs (unidades equivalentes a contêineres de 20 pés). O terminal também quebrou o recorde de movimentação realizada em um único navio, com 2.083 movimentos no CAP San Lorenzo, operado no dia 31 de agosto.

Setembro

Os Portos do Paraná têm o melhor resultado para o mês de setembro da história, com 5.261.752 toneladas movimentadas.

Outubro

Melhor mês de outubro da história: 5.048.117 toneladas.

Novembro

Maior operação de embarque de ônibus em uma única operação. Foram 155 veículos exportados.

Faltando um mês para acabar o ano, Paranaguá e Antonina batem recorde de 53,3 milhões de toneladas de cargas movimentadas – o maior volume da história.

Dezembro

Nova operação recorde de ônibus: 157 ônibus, com dois veículos a mais que no embarque anterior.