Volvo firma acordo para operação do VERA

O VERA, o veículo de carga elétrico, conectado e autônomo da Volvo, fará parte de uma solução integrada para transportar mercadorias entre um centro de logística e um terminal portuário em Gotemburgo, Suécia. 
Apresentado em 2018, o VERA é uma solução elétrica, conectada e autônoma, da Volvo Trucks para operações de transporte com alta repetição, em centros de logística, fábricas e portos. O veículo é perfeito para operar em curtas distâncias, transportando grandes volumes de mercadorias com alta precisão.
O objetivo é ter um sistema conectado que consiste em vários veículos VERA monitorados por uma torre de controle. Isso vai permitir um fluxo de transporte contínuo e constante, atendendo demandas de maior eficiência, flexibilidade e sustentabilidade. A colaboração com a DFDS é um primeiro passo para implementar o VERA em uma operação de transporte real em estradas públicas, predefinidas dentro de uma área industrial.
“Queremos estar na vanguarda do transporte autônomo e conectado. Essa colaboração nos ajudará a desenvolver uma solução eficiente, flexível e sustentável de longo prazo para ter veículos autônomos que chegam aos nossos portões, beneficiando nossos clientes, o meio ambiente e nossos negócios”, afirma Torben Carlsen, CEO da DFDS.
À medida em que a Volvo Trucks ganhe mais experiência, o VERA terá potencial para operar em aplicações semelhantes, como complemento às soluções de transporte atuais. “Transportes autônomos com baixos níveis de ruído e zero emissões de escape têm um papel importante a desempenhar no futuro da logística e beneficiarão tanto empresas quanto a sociedade. Vemos essa colaboração como um começo importante e queremos promover o progresso nessa área. O VERA pode ter um limite de velocidade, mas nós não. Os testes já vão começar e nossa intenção é implementar a solução nos próximos anos”, acrescenta Mikael Karlsson.
Dados:
• O VERA fará o transporte de contêineres do centro de logística da DFDS para um terminal portuário, em Gotemburgo, Suécia.
• O sistema autônomo é monitorado por um operador em uma torre de controle. Ele é o responsável por toda a operação.
• A solução é adequada para transportes com fluxos repetitivos, com uma velocidade máxima de 40 km/h.
• As adaptações de infraestrutura fazem parte da implementação da solução total do sistema de transporte, incluindo portões automatizados nos terminais.
• A Volvo Trucks e a DFDS são os principais envolvidos nesta iniciativa. Mas há vários outros parceiros ajudando na implementação desta primeira operação do VERA.
• A DFDS fornece serviços de balsa e transporte na Europa e na Turquia, gerando receitas anuais de cerca de 17 bilhões de coroas dinamarquesas. Seus 8.000 funcionários trabalham em navios e em escritórios em 20 países. A DFDS está sediada em Copenhague e listada na NASDAQ Copenhagen.
• A iniciativa será realizada com o apoio da agência sueca de inovação Vinnova, da administração de transportes da Suécia e da agência sueca de energia, por meio do programa de pesquisa e inovação de veículos estratégicos FFI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *