CNH Industrial anuncia mudanças na diretoria da América Latina

Carlo Alberto Sisto é o novo CFO da empresa e Heberson Góes assume a responsabilidade pelo Banco CNH Industrial

A CNH Industrial, uma das líderes mundiais no setor de bens de capital, acaba de passar por mudanças na sua diretoria da América Latina. Carlo Alberto Sisto assume a posição de Chief Financial Officer (CFO), cargo antes ocupado por Mariano Pizzorno, que será responsável mundial pela área financeira da marca IVECO e do segmento de veículos comerciais.

Carlo Alberto Sisto

Na nova estrutura, Heberson Góes passa a ser o responsável por Serviços Financeiros na América Latina, que comanda as operações do Banco CNH Industrial na região. “São mudanças de posições naturais num time bastante alinhado com a estratégia local e mundial da nossa companhia”, afirma Vilmar Fistarol, presidente da CNH Industrial para a América Latina.

O novo diretor financeiro Carlo Alberto Sisto está na empresa há 20 anos, onde iniciou e desenvolveu carreira. Já atuou em diferentes cargos, a maioria focado na área financeira, na Inglaterra, Romênia, França, Suíça e alguns países da Ásia. Italiano, natural de Turim, é graduado em Economia pela Universidade Luigi Bocconi de Milão, na Itália, com especialização em Gestão e Administração de Empresas e MBA na London Business School, em Londres.

Heberson Góes

Heberson Góes, executivo do Banco, é graduado em Economia pela Universidade Federal do Paraná e em Ciências Contábeis pela Universidade Tuiuti, tem mais de 20 anos de experiência nas áreas financeira e administrativa. Acumula passagens por empresas de contabilidade e auditoria, e também de energia renovável. Está na CNH Industrial desde 2010, ocupando posições executivas nas áreas Financeiras e de Serviços Financeiros. Possui também experiência internacional. Durante o ano de 2013 trabalhou na área financeira da CNH Industrial nos Estados Unidos.  Em 2014 retornou ao Brasil para assumir a posição de diretor financeiro do Banco CNH Industrial e Financial Services para América Latina, posteriormente também passando a ser responsável pelas áreas de Crédito e Cobrança da região.

Fonte:PG1 Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.