Aprovado projeto que proíbe plantar soja duas vezes na mesma área durante ciclo em MS

Fonte:G1/MS

Os deputados estaduais aprovaram nesta quinta-feira (13), em segunda votação, procedimentos mais restritivos nas medidas sanitárias para prevenção, controle e erradicação da ferrugem asiática, uma das doenças mais perigosas para as lavouras de soja, em Mato Grosso do Sul.

No projeto de lei de autoria do Executivo, que altera a Lei 3.333/2006, a novidade, em relação ao que já existe, é a definição de um calendário de plantio para proibir que a soja seja plantada duas vezes na mesma área durante o mesmo ciclo.

Segundo o texto, “o vazio sanitário é o período em que é proibido o cultivo da soja e é obrigatória a ausência de plantas vivas de soja, em qualquer fase de desenvolvimento; que não serão permitidos a semeadura e o cultivo de soja em sucessão à cultura de soja na mesma área e no mesmo ano agrícola; e que os períodos de semeadura de soja e de vazio sanitário serão estabelecidos pelo secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico”.

Veja a notícia na íntegra no site do G1 MS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.