Colheita de soja atinge 30,63% em Mato Grosso e fluxo de veículos sobe 17,6% na BR-163

Fonte: AgroOlhar Viviane Petroli

A colheita da soja em Mato Grosso atingiu 30,63% na semana passada. A celeridade dos trabalhos nas lavouras da oleaginosa no Estado já provocaram um crescimento em 17,6% do fluxo de veículos na BR-163.

Entre os dias 27 de janeiro e 03 de fevereiro, de acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), houve um avanço de 14,38 pontos percentuais nos trabalhos. A região Médio-Norte, apesar das chuvas, é a mais avançada com 44,78% de 3,166 milhões de hectares colhidos, seguido do Oeste com 40,09% de 1,113 milhão de hectares.

O Imea destaca que a região Nordeste é a mais atrasada com apenas 8,50% de 1,566 milhão de hectares colhidos.

Em janeiro circularam pela BR-163 em média 975 mil veículos de cargas, de acordo com dados da Concessionária Rota do Oeste. O volume é 17,6% maior que as 829 mil carretas e caminhões verificados em dezembro.

A Concessionária observa que o fluxo nos próximos meses deverá ser mais intenso em função do escoamento da produção de soja.

A perspectiva apontada pelo Imea é que sejam colhidas 30,5 milhões de toneladas de soja nesta safra 2016/2017.

A Rota do Oeste afirma estimar uma ampliação do tráfego em 20%, o equivalente a 11 mil veículos a mais por dia na BR-163, no pico de escoamento que vai até abril.

O gerente de Pedágio da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, pontua que o tráfego de veículos de carga na BR-163 ficou abaixo do esperado para janeiro. O motivo se dá pela manifestação realizada pelos caminhoneiros entre os dias 13 e 18 de janeiro. Além disso, Ferreira destaca que “O excesso de chuva no norte de Mato Grosso também impediu que parte da soja fosse colhida, o que termina refletindo diretamente na BR-163, principal canal de escoamento no Estado”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.