ANTT autoriza alteração de tarifas em pedágios

IMG_2340Com a justificativa de manter o equilibrio econômico-financeiro dos contratos firmados com as concessionárias, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) autorizou a alteração das tarifas de pedágio das rodovias BR-116/RJ/SP, BR-060/153/262/DF/GO/MG e BR-040/DF/GO/MG. A mudança está prevista na resolução 5.142/2016, publicada no Diário Oficial da União.

No caso da BR-060/153/262, trecho administrado pela Concebra, a tarifa cobrada na praça de Goianápolis (GO) ficará R$ 0,10 mais barata. O valor passa, a partir desta quarta-feira (27), de R$ 3,20 para R$ 3,10. As demais praças do trecho mantêm o mesmo preço.

A BR-040, que liga Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais e é administrada pela concessionária Via 040, terá a tarifa de pedágio alterada a partir da zero hora do dia 30 de julho. O valor para veículos da categoria 1 passa de R$ 4,60 para R$ 4,80 nas praças de pedágio de Cristalina (GO), Paracatu (MG), Lagoa Grande (MG), João Pinheiro (MG), Canoeiras (MG), Felixlândia (MG), Curvelo (MG), Sete Lagoas (MG), Itabirito (MG), Conselheiro Lafaiete (MG) e Juiz de Fora (MG).

Já a BR-116, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, conhecida como Rodovia Presidente Dutra, terá seu pedágio alterado de R$ 12,70 para R$ 13,80 nas praças de Moreira César (Pindamonhangaba-SP), Itatiaia (RJ) e Viúva Graça (Seropédica-RJ); de R$ 3,10 para R$ 3,40 nos pontos de cobrança de Arujá (SP), Guararema Norte e Guararema Sul (SP); e de R$ 5,60 para R$ 6,10 na praça de Jacareí (SP). Esses valores referem-se à tarifa básica e entrarão em vigor à meia-noite do dia 1º de agosto.

A BR-116 foi repassada à iniciativa privada em 1995 para exploração da infraestrutura pelo período de 25 anos. A concessão das rodovias BR-040 e BR-060 ocorreu em 2014 e tem validade de 30 anos.

Com informações da ANTT

Fonte: Agência CNT de Notícias.

Carlos Cordeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.